O Élder M. Russell Ballard responde às perguntas LGBT no Devocional da BYU: Acredita que existe um “lugar no reino” para os membros LGBT

14 de novembro de 2017

Durante um Endereço devocional da BYU em 14 de novembro de 2017, Élder M. Russell Ballard, um membro do Quórum dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, aproveitou a oportunidade para responder a várias perguntas feitas a ele por jovens adultos solteiros da Igreja antes de seu discurso. Ele recebeu 767 perguntas, cobrindo uma variedade de tópicos. Não podendo responder a todas as questões submetidas, optou por responder a questões que lhe dessem respostas o mais amplamente possível, abrangendo os mesmos temas muitas vezes mencionados por quem fez as perguntas. Duas das perguntas que o Élder Ballard respondeu eram relacionadas a LGBT.

Pergunta: “Que mensagem você tem para os jovens adultos solteiros LGBT?”

Élder Ballard: “Quero que qualquer pessoa gay ou lésbica que seja membro da igreja saiba que acredito que você tem um lugar no reino e reconheça que às vezes pode ser difícil para você ver onde se encaixa na Igreja do Senhor, mas você faz. Precisamos ouvir e entender o que nossos irmãos e irmãs LGBT estão sentindo e vivenciando. Certamente, devemos fazer melhor do que no passado para que todos os membros sintam que têm um lar espiritual onde seus irmãos e irmãs os amam e onde eles têm um lugar para adorar e servir ao Senhor. ”

“Quando amamos a Deus, fazemos e nos esforçamos para cumprir nossos convênios sagrados. Testifico que viver os mandamentos do evangelho trazem bênçãos incalculáveis a qualquer pessoa, permitindo-nos ser o que temos de melhor, exatamente quem Deus deseja que sejamos.

Pergunta: “Qual é a posição da Igreja sobre os direitos civis LGBT?”

Élder Ballard: “Acreditamos que os direitos fundamentais da cidadania devem ser protegidos para todas as pessoas: para as pessoas LGBT, para pessoas de todas as religiões e para todas as outras pessoas. Em essência, isso significa justiça para todos. A Igreja acredita que a melhor abordagem para equilibrar esses direitos é proteger os direitos fundamentais de todos os grupos e, então, encontrar compromissos razoáveis em outras áreas onde os direitos entram em conflito. Esta é a abordagem que a Igreja endossou como parte da recente legislação de não discriminação de Utah. ”

“Condenamos, nos termos mais fortes, intimidação ou assédio de qualquer tipo. Cada pessoa é um filho de Deus. Todos têm direito ao amor e ao respeito. A razão pela qual a Igreja apoiou o Festival LoveLoud, aqui no condado de Utah, era para enviar uma mensagem forte de que os jovens LGBT ou qualquer outra pessoa nunca devem ser maltratados e, se alguém estiver com problemas, deve buscar a ajuda de amigos, familiares e profissionais treinados ”.

“Estou ciente do problema de suicídio. Tenho familiares próximos e amigos que se suicidaram. Estudei esse assunto e escrevi um artigo para a revista Ensign intitulado “Suicídio: algumas coisas que sabemos e outras que não. ” O suicídio é um assunto muito complicado. Especialistas apontam que existem várias causas, incluindo ansiedade, depressão e desequilíbrio químico que podem levar ao desespero e perda de autocontrole. Tenha cuidado com o que você diz sobre o suicídio e reconheça que não conhecemos todas as circunstâncias que cercam cada suicídio. Só o Senhor tem todos os fatos e só Ele saberia a intenção do coração de alguém. Não devemos julgar aqueles que se suicidam e devemos apoiar e confortar aqueles que são deixados para trás após a morte de um ente querido. Por fim, lembre-se sempre de que toda vida é preciosa. Um presente de um amoroso Pai Celestial. ”

Postado em:

Inscreva-se para receber conteúdo como este em sua caixa de entrada!

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

6 comentários

  1. Ted Block em 14/11/2017 às 3:58 PM

    Obrigado Ellder Ballard

  2. Lynn Sorenson em 15/11/2017 às 7:09 AM

    Eu me pergunto se o Élder Ballard leu as respostas às perguntas ou se pareceu respondê-las de improviso. . .

  3. ryan em 15/11/2017 às 11:00 AM

    Abençoado seja por compartilhar isso, mas o link para o devocional não funciona. 🙂

    • Joel McDonald em 18/11/2017 às 4:24 PM

      Ei, Ryan. Acabei de verificar o link e parece estar funcionando agora. É possível que a BYU TV estivesse apresentando problemas quando você tentou.

  4. Joseph Downing em 15/11/2017 às 11:22 AM

    Ai! Ele vai direto de uma questão sobre direitos civis para como não devemos julgar as pessoas (presumivelmente LGBT) que se matam. Não muito sobre o que a igreja precisa fazer para que as pessoas não pensem em se matar!

    • Juan em 10/06/2019 às 11:26 PM

      O que você sugere que a Igreja deve fazer?

Deixe um Comentário