A Igreja mórmon faz uma declaração de apoio ao evento LGBTQ

agosto 18, 2017

SALT LAKE CITY – O primeiro festival de música destinado a apoiar as instituições de caridade da juventude LGBTQ trará vários nomes importantes para Orem no final deste mês e agora tem uma declaração de apoio da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

 

O Festival LoveLoud será realizado no dia 26 de agosto no Brent Brown Ballpark da  Universidade Utah Valley  e será o palco para Imagine Dragons e Neon Trees, duas bandas cujos caminhos para o estrelato começaram em Utah.

 

Eles estarão entre os que participarão do evento, que também contará com palavras de apoio do Hall of Fama da NFL e o ex-quarterback Steve Young ex aluno e jogador de futebol americano da BYU  e a “Dancing With The Stars” Julianne Hough, que estão emprestando suas vozes ao que os organizadores esperam que aconteça em todo o estado de  Utah: o apoio  a juventude.

 

“Nós aplaudimos o Festival LoveLoud pelo esforço  da juventude LGBTQ de reunir pessoas em lugar seguro e expressar respeito e amor por todos os filhos de Deus”, diz um comunicado divulgado pela Igreja LDS. “Nós juntamos a nossa voz com todos os que se juntam para promover uma comunidade de inclusão na qual ninguém é maltratado por causa de quem eles são ou o no que eles acreditam”.

A declaração continuou: “Compartilhamos crenças comuns, entre elas a alta estima da nossa juventude e o valor das famílias. Esperamos sinceramente que este festival e outros esforços relacionados possam construir uma comunicação respeitosa, uma melhor compreensão e civilidade, ao aprendemos uns com os outros “.

 

O evento foi criado por Dan Reynolds, vocalista da banda ganhadora do Grammy, Imagine Dragons, que procurava um lugar seguro para separar as diferenças entre a comunidade  LGBTQ e as comunidades religiosas para promover amor e aceitação dos jovens LGBTQ.

 

“LoveLoud é sobre reunir nossa comunidade para falar sobre como podemos amar nossos jovens LGBTQ, como podemos fazer com que eles se sintam aceitos e amados dentro da comunidade para que essas taxas de suicídio baixem”, disse Reynolds, observando o aumento do risco de suicídio entre Jovens LGBTQ e outros que se sintam intimidados ou marginalizados.

 

Todos os ganhos do evento irão para a Fundação LoveLoud, que apoia as instituições de caridade da Utah Encircle Stand4Kind, bem como duas instituições de caridade nacionais, The Trevor Project e GLAAD.

 

Os organizadores do evento trabalham há meses para tentar realizar um evento que possa se concentrar no bem comum que é de ajudar os jovens em um ambiente seguro, sem políticas divisórias. O organizador do evento, Lance Lowry, enfatizou a “necessidade de fazer uma comunidade mais segura”.

“Nós podemos trabalhar juntos para ter mais amor, isso pode soar clichê , mas o amor é algo que todos acreditamos, pelo menos aqueles que estão envolvidos nisso, e sabemos que nada de ruim pode acontecer por nos amarmos mais”, disse Lowry.

 

Tom Christofferson, irmão do Élder D. Todd Christofferson, do Quórum dos Doze Apóstolos da Igreja SUD, também falará no evento. Alex Boye, cantor e ex-membro do Coro do Tabernáculo Mórmon, será o mestre de cerimônia.

 

Reynolds, que se identifica como um Mórmon e serviu uma missão para a igreja mórmon em Nebraska, tem sido transparente recentemente em seu apoio às causas LGBTQ e tem uma voz que atinge a nivel nacional com a popularidade de Imagine Dragons.

 

“Sempre que faço entrevistas com a imprensa sobre a banda, quando me perguntam se eu sou ou não  Mórmon, muitas vezes me deixava desconfortável”, disse ele. “Foi apenas uma pergunta desconfortável para mim porque, embora eu seja Mórmon e eu me  identifico como Mórmon, como todos os Mórmons, sou um Mórmon difenrente. Eu tenho minhas próprias opiniões pessoais sobre coisas e minhas próprias lutas de fé e coisas assim, então eu normalmente eu fugia destas perguntas “, disse ele.

 

“Mas uma das razões pelas quais eu tive dificuldade em falar sobre isso é que eu sabia o que dizia o meu coração,  sabe o que penso sobre Deus e o relacionamento de Deus com a comunidade LGBTQ”.

 

Recentemente, Reynolds expressou frustrações com o modo como as questões LGBTQ são vistos pela comunidade mórmon, os comentários que fizeram parte na comunidade mórmon questionam se há espaço para encontrar um propósito comum com um evento como o festival LoveLoud.

 

“Meu único arrependimento até agora que eu sinto que cometi um erro é, não sei, eu absolutamente não acredito que os Mórmons sejam pessoas fanáticas”, disse Reynolds, comentando as entrevistas anteriores que ele fez.

 

“Eu fiz uma entrevista com o Billboard onde eu penso, quando você está fazendo entrevistas e … especialmente quando estou falando por paixão e sou alguém que fala o que está no meu coração e sem pensar às vezes, as coisas podem ser desviadas e elas Pode ser colocada de uma forma que pode ser prejudicial para as pessoas. Então, quando o artigo do Billboard saiu, eu entendi que as pessoas poderiam considerar minhas declarações ofensivas e que os mórmons achariam que eu estava julgando outros mórmons ou algo assim, e me arrependo por isso. Não acredito que os mórmons sejam um povo preconceituoso” ele disse.

 

Reynolds disse que o evento não será sobre ele ou suas crenças pessoais. O objetivo, disse ele, será criar um ambiente onde todas as pessoas se sintam seguras e confortáveis. Embora seja difícil remover a religião da equação porque Utah é um estado povoado por sua maioria por mórmons. Reynolds disse que se trata de uma questão que vai “além dos mórmons”.

 

“Os mórmons e as pessoas de fé ortodoxa devem poder sair e se sentir respeitados e amados e não sentir que são pessoas dizendo:” Ei, você precisa mudar suas crenças “. Mas sim dizer:” Como todos podemos ser melhores? E mais amoroso e aceitar mais uns aos outros? ”

 

Lowry, que também é assistente de Reynolds, confirmou que as mensagens que serão pronunciadas no palco serão coerentes.

 

“A força de Dan sempre foi sua honestidade e sua sinceridade”, disse Lowry. “Ele sempre fala do coração. Ele usa seu coração e se algo está em sua mente, também está na língua. Então, essa é uma das coisas que estamos agradecidos por ter feito o que quer que você ouça dele, você não ouve nada em vão. Ele sempre lhe dirá como ele se sente.

 

Ele acrescentou que o evento não é sobre pregar uma mensagem específica. Não é sobre quem está certo ou errado. É sobre todo mundo se tornar melhor “.

 

Lowry disse que, embora a venda de ingressos tenha sido bem sucedida nesse ponto, o apoio da igreja deve ajudar.

 

“Nós sabemos disso com o anúncio da igreja e o apoio ao evento de que isso vai ajudar as pessoas a se sentir seguras e dar-lhes a confiança para querer participar”, disse Lowry. “Conheço muitas pessoas que estão interessadas e queriam estar envolvidas, mas não estão seguras de como se envolver com esse tema e com a igreja encorajando as pessoas a se envolverem, acho que vai impulsionar a venda de ingressos. Estamos nos preparando para aumentar a nossa capacidade de lidar com isso “.

 

A capacidade planejada para o evento é de 18.000, mas os organizadores estão trabalhando com os bombeiros para potencialmente aumentar a capacidade para mais de 20.000.

Postado em:

Receba o boletim eletrônico da Afirmação com conteúdo como este em sua caixa de entrada!

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.