Ir para o conteúdo

Procurar

Afirmação Venezuela defende os direitos dos transgêneros

Membros da Afirmação Venezuela junto com membros de organizações LGBTQIA+ aliadas no palácio do governo de Zulia.
Membros da Afirmação Venezuela junto com membros de organizações LGBTQIA+ aliadas no palácio do governo de Zulia.

por Marcial Fuenmayor

1º de abril de 2022

A Venezuela tem um dos piores registros de direitos humanos no continente. Embora o país tenha uma grande dívida com suas minorias vulneráveis, muitas vezes elas são alvo de violência sistêmica e invisibilidade. Isso é especialmente verdadeiro para a comunidade transgênero, que é cada vez mais questionada e rejeitada na sociedade.

Em 31 de março, a Afirmação Venezuela juntou-se a outras organizações para comemorar o Dia Internacional da Visibilidade Transgênero. Nesse esforço conjunto com Ciudiver, Somosvzla e OKno, a Afirmação mobilizou-se para defender os direitos legais para indivíduos transgêneros e entregou uma proclamação às autoridades locais e nacionais. Este é apenas um passo no processo de reconhecimento legal da dignidade desses valiosos filhos de Nosso Pai Celestial que tanto contribuem para o nosso país e o mundo.

Deixe um Comentário





Role para cima