Ir para o conteúdo

Procurar

BYU-Idaho Group promove a compreensão sobre questões LGBT

Keith Trottier
Keith Trottier

19 de janeiro de 2013

Keith Trottier

Keith Trottier

Grupo USGA é lançado em Rexburg

Entendendo a Atração pelo Mesmo Gênero, comumente referido como USGA, é um grupo não oficial de alunos da BYU-Idaho, cujo objetivo principal é promover a compreensão sobre o tema da homossexualidade como um santo dos últimos dias. Nós nos esforçamos para criar um lugar seguro para aqueles que sentem atração pelo mesmo sexo e seus aliados. O grupo se reúne todas as quintas-feiras às 20h para discutir as provações e bênçãos de ser LGBT. É um lugar onde quem se sente sozinho pode encontrar apoio e amizade e saber que realmente vai melhorar. Todos são bem-vindos e podem encontrar mais informações em nosso grupo no Facebook: www.facebook.com/groups/USGA.Idaho.

2 comentários

  1. Lauren Leon em 18/06/2014 às 11:48 PM

    Oi! Não frequento a BYU, mas estou interessado no fato de que há um grupo de alunos que promove a compreensão da homossexualidade como um santo dos últimos dias. Eu realmente acredito que a homossexualidade não é nada para se envergonhar e que deveria haver um campus e uma ampla consciência estadual de que homossexuais querem se casar. Sim, afirma-se na igreja que o casamento é definido - pelo Senhor - como sendo entre um homem e uma mulher, mas há muitos homossexuais, indivíduos Mórmons que são felizes com seu estilo de vida e sua vida ao máximo sob o Senhor. Concluindo, sinto que a BYU está tomando a direção certa ao aceitar que os alunos LGBT sejam quem são.

  2. John Eben Whiting em 05/10/2014 às 8:37 AM

    Sou formado em 1982 pela BYU com Mestrado em Direção de Artes e Teatro. Acabei de me aposentar depois de ensinar e dirigir programas de teatro em inglês em Utah por 14 anos e em NYC por 21 anos.

    Sou casada com um homem e acabamos de nos mudar da área de NY para a SLC. Há algum grupo que me beneficiaria? Fui excomungado devido à minha homossexualidade. Servi em uma missão com muito sucesso, casei-me com uma mulher e tive dois filhos antes de finalmente enfrentar minha verdade. Fui até mesmo um trabalhador do véu e membro do bispado quando ainda era membro. Eu me divorciei, meu selamento agora está “suspenso” (o que quer que isso signifique). Há muitos anos tenho um casamento gay saudável, moral e bonito. Espero ouvir de alguém.

    Sua,

    John E Whiting
    [email protected]

Deixe um Comentário





Role para cima