Dois graus fora do centro: colocando o tapete de boas-vindas

fevereiro 19, 2019

Dois graus fora do centro”É um blog mensal de Rich Keys sobre as lutas pessoais, questões e tópicos que falam da experiência SUD / LGBT. Às vezes será sério, às vezes engraçado, mas sempre abordará as coisas de uma perspectiva ligeiramente diferente.

Abra a placa de boas-vindas

por Rich Keys

Uma de minhas paradas na carreira de Recursos Humanos foi em um fabricante de eletrodomésticos. Quando cheguei, fiz saber a todos os colaboradores que a minha porta estava sempre aberta e que estava à disposição para o que precisassem. Quando ninguém apareceu, presumi que estava tudo bem na montadora. O dono veio um dia e perguntou como estavam as coisas, e eu garanti que tudo estava indo de acordo com o planejado. Ele então disse que eu precisava sair da fábrica e ver por mim mesma, e não esperar que os funcionários viessem até mim.

Então comecei a fazer as rondas, em ferramentas e matrizes, fiação, extrusão de plástico, montagem, controle de qualidade, envio e recebimento, e todos os outros departamentos. No início, as coisas eram rígidas e formais. Eles estavam avaliando o cara da gravata. Então, afrouxei minha gravata e arregacei as mangas quando estava em seu território, e usei seu trabalho como um canal para conhecê-los como pessoas, tendo um interesse sincero por eles. Fiz perguntas específicas sobre o trabalho deles e como eles faziam o trabalho, por que o faziam dessa forma e não daquela maneira, e o professor se tornou o aluno conforme demonstrava sua confiança em si mesmo e no que estava fazendo. As barreiras logo desabaram, estávamos no primeiro nome, e eu estava perguntando como eles se saíram nas provas de meio de semestre da faculdade, se o bebê tinha superado a cólica e como seu time de futebol favorito poderia explodir essa liderança no último domingo. Quando perceberam que eu era seu amigo sincero e confiável, suas necessidades surgiram espontaneamente. Alguns eram simples, outros eram sérios, mas era tudo real, e comecei a ajudar a resolver seus problemas e a satisfazer suas necessidades. Se eu tivesse permanecido em meu escritório, teria mantido aquela leitura de falso positivo de que tudo está bem.

Cada capela SUD tem uma placa na frente que diz “Visitantes são bem-vindos”, muitas gravadas em pedra para dar a impressão de permanência, inflexível e imutável. Francis DeBernardo, diretor executivo do New Ways Ministry, que defende os católicos LGBT, disse recentemente, “(Papa) Francisco disse 'bem-vindo' há cinco anos. Acho que temos que seguir em frente com as boas-vindas. O que você vai fazer com as pessoas LGBT depois de recebê-las? ”

Se a Igreja SUD realmente é sincera, se realmente se proclama a igreja de Jesus Cristo e este novo movimento ministerial é mais do que apenas uma experiência, então ela tem que fazer mais do que colocar o tapete de boas-vindas e proclamar uma política de portas abertas. Ele tem que fazer mais do que exibir uma placa na frente de seus prédios dizendo “Visitantes são bem-vindos”. Tem que fazer como o Salvador fez, sair de seus escritórios, afrouxar seus laços e ir para a fábrica e nos conhecer em nosso território, tendo um interesse sincero em quem, o quê, onde e como somos, construindo confiança e resolvendo problemas ... e se eles não fizerem isso, então pelo menos adicione uma linha sob o sinal de boas-vindas aos visitantes que diz “* Certas restrições e exclusões se aplicam, consulte lds.org para detalhes”.

-

Se você gostou desta postagem, certifique-se de conferir todas as postagens no Dois graus fora do centro série de blogs.

Receba o boletim eletrônico da Afirmação com conteúdo como este em sua caixa de entrada!

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

1 comentário

  1. Glenda em 03/04/2019 às 2:23 PM

    Amo isso e é tão verdade! Quantas vezes dizemos “Todos são bem-vindos”, mas depois nos afastamos daqueles que consideramos indignos ou até mesmo diferentes de nós. Não é suficiente dizer que você é bem-vindo aqui ... precisamos abraçá-los e deixá-los servir conosco e fazer com que participem de TODAS as bênçãos e ordenanças de Deus, incluindo o casamento!

Deixe um Comentário