Fazemos parte de um dia mais brilhante

28 de abril de 2013

slc_april_2013_750

O membro do conselho da Afirmação, Sam Wolfe, reflete sobre a participação na Conferência Geral com outros líderes da Afirmação

Por Sam Wolfe

Esta semana, notei uma foto minha no Facebook com outros líderes da Afirmação na Conferência Geral com este comentário: “Acho isso parcialmente triste. Vejo pessoas se apegando a uma fé que não as quer, lutando internamente para ser algo que não são. ”

Isso reflete um equívoco persistente de que abraçar a orientação LGBT implica renunciar à fé. Para os mórmons LGBTQ de todos os matizes, temos o direito de permanecer com dignidade onde quer que estejamos, incluindo o que foi a primeira sessão mundial da Associação Geral SUD em que uma mulher foi convidada a orar e um grupo de 15 líderes auto-afirmativos gays e lésbicas e amigos da Afirmação foram repetidamente bem-vindos.

Apesar da hostilidade de alguns líderes da igreja, nunca houve melhor época para ser um mórmon queer. Nunca houve um momento melhor para se juntar e participar da Afirmação neste movimento que está florescendo como as flores coloridas na Praça do Templo. Não há necessidade de tristeza, amargura ou conflito interno sobre sermos nós mesmos - fazemos parte de um dia mais brilhante.

Postado em:

Inscreva-se para receber conteúdo como este em sua caixa de entrada!

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Deixe um Comentário