Independentemente do que possa acontecer na Igreja, o Senhor nunca nos esquece

26 de julho de 2015

christus_520

Deixe o Senhor Jesus Cristo e o Espírito serem o seu guia, e não tema o barulho confuso e não afirmativo que você possa ouvir das pessoas na Igreja ou ao seu redor.

de Randall Thacker

Randall Thacker

Randall Thacker

Muitos dos participantes da conferência de Afirmação de 2014 em setembro em Salt Lake City assistiram à transmissão juntos do Coro do Tabernáculo Mórmon na manhã de domingo. Para aqueles de vocês que assistiram à transmissão, você saberá que enquanto as pessoas estão arquivando o host anuncia os nomes dos grupos visitantes que estão participando. Havíamos informado à Igreja que estaríamos presentes e esperávamos ser anunciados com os outros grupos.

Chegamos cedo e enchemos a seção intermediária sul do piso principal do Tabernáculo. Quando o anfitrião começou a anunciar os nomes dos grupos visitantes e pediu-lhes que se levantassem, meu coração disparou. Esperei com grande ansiedade ouvi-lo chamar nosso nome ... mas ele não o fez. Assim que ele terminou os anúncios, senti como se alguém tivesse me chutado com força no estômago e meu coração afundou. Eu me virei para aqueles ao meu lado e para os outros 100 mórmons LGBT, famílias e amigos sentados atrás de mim e nunca esquecerei a tristeza que vi em seus rostos e as lágrimas em muitos olhos.

Recebi imediatamente algumas mensagens de texto e notas de papel de pessoas dizendo coisas como: "Devíamos apenas levantar e sair", "Não posso acreditar que não nos anunciaram" e "Estou escrevendo uma carta aos irmãos enquanto falamos! ” Comecei a sentir raiva e profunda rejeição, como se tivesse voltado para casa e minha família tivesse deliberadamente decidido não reconhecer minha presença. A dor então se transformou em tristeza e comecei a chorar. A pessoa ao meu lado disse: “No próximo ano! Assim como os judeus, no próximo ano chegaremos a Jerusalém ”.

Não pude ouvir a música do coro até pouco antes do último número, quando o Espírito sussurrou tão suavemente em minha mente as palavras de Isaías: “Será que uma mulher pode esquecer seu filho de peito, para que não tenha compaixão do filho de seu ventre ? sim, eles pode esquecer,ainda não vou esquecer de ti. Eis que te gravei nas palmas das minhas mãos; tuas paredes estão continuamente diante de mim. " (Isaías 49: 15-6). Ouvi o Espírito me lembrar o que aprendi antes de voltar à atividade na Igreja alguns anos atrás: “SEMPRE posso confiar no Senhor, independentemente do que a Igreja diga e faça em relação à minha orientação sexual e à minha vida. ”

O coro terminou a transmissão, as luzes da casa cheia foram acesas e então o apresentador se adiantou e disse: “Esquecemos de mencionar um grupo importante que está conosco hoje - Afirmação - poderia se levantar?” Eu não podia acreditar no que estava ouvindo - parecia que um milagre havia acontecido! Eu fiquei com os outros e me virei e olhei para todos os outros e desta vez vi brilhos e lágrimas de alegria nos olhos das pessoas enquanto o público aplaudia, reconhecendo nossa presença. Eu pensei, e se tivéssemos saído? Nunca teríamos tido a oportunidade de ter essa experiência. Foi muito difícil, mas no final valeu muito a pena.

Amigos, irmãs e irmãos - há MUITO barulho confuso por aí e só vai ficar mais alto à medida que nós, outros membros da igreja e líderes navegamos na transição para uma sociedade de Sião afirmativa que valoriza todas as famílias. Devemos ser muito realistas em nossas expectativas e entender que há um caminho MUITO LONGO pela frente para a Igreja institucional. Se nos concentrarmos no barulho não afirmativo ou contribuir para a indelicadeza, rapidamente perderemos de vista a doce paz que o Evangelho pode trazer.

Doce é a paz que o evangelho traz
Para buscar mentes e verdadeiras.
Com luz refulgente em suas asas,
Isso limpa a visão humana.

Eu os convido a permanecer focados no Redentor e permitir que o Senhor os liberte para seguir em frente com sua vida de uma forma que seja produtiva, afirmativa e lhe dê uma energia positiva para prosperar e viver com alegria - seja o que for que isso signifique especificamente para você. Que o seu caminho escolhido seja sustentado pelo conhecimento de que Ele “NÃO VOU esquecê-lo!"

PS Na Conferência de Afirmação de 2015, recebemos assentos VIP para mais de 200 Mórmons, Famílias e Amigos LGBT na frente do Tabernáculo e fomos anunciados com todos os outros grupos antes da transmissão!

Postado em:

Inscreva-se para receber conteúdo como este em sua caixa de entrada!

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

2 comentários

  1. Judy em 26/07/2015 às 6:21 PM

    Randall, este é um lembrete muito doce. Obrigado por isso. (aliás, as datas eram 2013 e 2014, respectivamente, e respeitosamente. 😉)

  2. Reade C. Gloeckner em 27/07/2015 às 9:47 PM

    Uau, ao ler a parte anterior, fiquei triste e frustrado por você e teria saído (mas sofro de doença bipolar além de ser gay) e olhe o que teria perdido. Não sei como você conseguiu, mas aposto que você pulou de alegria internamente. Grande mensagem Randall!

Deixe um Comentário