Uma Chamada Para as Suas Histórias: Reversão da Política de Novembro de 2015

6 de abril de 2019

Escritor Computador Enviar Artigo

Cozinha Por Nathan, Presidente da Afirmação

Que dia de ontem!

Agora que você teve algum tempo para pensar e refletir sobre a reversão da política de 5 de novembro da Igreja, convidamos você a contar sua história e compartilhar seus sentimentos. Seja seu eu autêntico. Por favor, conte-nos todas as suas histórias de tristeza, raiva, alívio, tristeza, felicidade, confusão, seja o que para que rodeia o anúncio de 4 de abril rescindindo a política.

A Afirmação quer usar sua extensa plataforma de mídia social para você compartilhar sua história e amplificar sua voz. Por favor, envie suas histórias para [email protected] Vamos publicá-los regularmente durante a próxima semana para nos dar uma ideia do alcance de nossas experiências.

Como Presidente da Afirmação, quero ter certeza de que a Afirmação não esconde você ou suas histórias à medida que avançamos.

This é uma lembrança dos últimos três anos e meio e uma homenagem às experiências compartilhadas de nossa comunidade LGBTQ.

Este evento pertence a todos nós.

Postado em:

Inscreva-se para receber conteúdo como este em sua caixa de entrada!

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

2 comentários

  1. Ivaldo Feitosa De Araujo em 06/04/2019 às 10:25 PM

    Amados irmãos, vejo essas novas diretrizes da igreja em permitir o batismo de filhos de casais lgbts com alegria mas com pesar e cautela. Fico pensando e tento ver onde vai a visão profética para tanto amor e cuidado pois sendo assim tranquilizo-me nesta visão pois a (s) criança (s) desta relação na visão profética não podem ser privados de conhecer o evangelho restaurado de Jesus Cristo! É um pequeno grande movimento pra se ter mais amor e respeito pelos casais de mesmo sexo porém penso se numa atividade de pais deva espaço para estarem com seus filhos..terão eles direito de serem batizados também? .. teram chamados esses pais lgbts?… .bem, q bons ventos nos tragam boas de boa vontade ..

  2. Alexsandro Barbosa em 07/04/2019 às 6:54 PM

    Sempre o conhecimento que os anúncios da primeira presidência são tratados e devem ser tratados como revelação, o que pra mim sempre foi uma dificuldade aceitar como revelação se fizermos um estudo profundo livre de pensamentos tendencioso veremos que ao longo dos anos essas revelações é pura politicagem e alguns ex: casamentos plurais, sacerdócio aos negros.
    Não seria diferente para nossos irmãos lgbtq +, até quando as políticas e doutrinas da igreja serão levado a um evangelho de exclusão para menos favorecidos ao longo da história?
    Fico feliz e ao mesmo tempo triste
    Feliz por reconhecerem que erraram e triste por não reconhecerem o tamanho erro e assumir como revelação, na verdade acredito que o pai celestial nada tem haver com a política de exclusão da igreja e esse comportamento sempre será o homem.
    Amo o evangelho e reconheço o salvador Jesus Cristo como meu mestre e o mesmo nunca excluiu ninguém da salvação e do amor de Deus, acredito que muitas coisas mudaram e deva mudar.
    O salvador foi o precursor dessas mudanças e da tirania dos que se dizem religiosos e sempre ensinou que um filho do pai celestial é mais importante que dogmas e regras religiosas.
    Continuaremos na luta que o salvador começou e um dia quem sabe chegaremos nessa evolução que Jesus o Cristo meu salvador pessoal tanto ensinou

Deixe um Comentário