Lutando por um lugar ao sol como mórmons LGBTQ

28 de julho de 2018

Cristina Moraes é presidente da Affirmation Brasil e membro da diretoria da Affirmation. Cristina é casada há 12 anos com Viviane Moraes. Ela é pós-graduada em engenharia de qualidade e ex-missionária da Igreja SUD. Ela reconhece a expiação do Salvador em sua vida e tem auto-aceitação como lésbica. Cristina acredita no trabalho da Afirmação como um “resgate de vidas”. Ela se dedicou totalmente aos princípios desta obra de amor. Esta palestra foi proferida como parte da Conferência Internacional da Afirmação de 2018, realizada de 20 a 22 de julho de 2018, em Salt Lake City, Utah.

Bom Dia. Meu nome é Cristina Moraes, do Brasil. Eu sou o presidente da Affirmation-Brasil, bem como membro da Diretoria da Affirmation International. É um grande prazer estar aqui com vocês hoje e sou particularmente grato pela oportunidade de falar sobre o trabalho da Afirmação no Brasil.
Todas as lutas e sofrimentos pelos quais passei na vida, além de me tornarem mais forte e me ajudarem a me aceitar como sou, também me ensinaram algumas coisas. A principal lição que aprendi foi: o sol nasce todos os dias. É incrível, mas é verdade. O sol nasce todos os dias. O sol nasce todos os dias.

Mesmo quando você acorda e o céu parece encoberto, posso lhe garantir: o sol nasce todos os dias. Há dias em que acordamos de manhã com saudades de brilhar. No entanto, é nossa responsabilidade garantir que o sol brilhe em nossos corações e nas pessoas ao nosso redor por quem somos responsáveis.
Nosso tempo aqui tem um propósito. Nós nascemos LGBT. Nascemos para liderar e lutar por esta causa. Esse é nosso privilégio.

Estamos vivendo em uma era em que apenas os guerreiros mais fortes são capazes de realizar vitórias fabulosas. Estamos aqui, agora, alinhados e determinados!

Temos uma causa pela qual lutar e objetivos a alcançar.

Nós, todos nós, somos fortes, corajosos, dignos.

Alguns podem ter um pouco mais e alguns podem ter um pouco menos de uma herança Mórmon, mas todos nós estamos lutando por um lugar ao sol. E o sol nasce todos os dias. O sol nasce todos os dias.

Todos nós temos, há muito tempo, lutado em nossa própria luta interior pela auto-aceitação. Ancorados em nossas realizações pessoais e nos princípios da Afirmação, muitos de nós desenvolvemos mais do que uma pele dura, estamos totalmente blindados. Já nos tornamos guerreiros poderosos.

Estamos crescendo e mais fortes perante o mundo e para, porque queremos ter a oportunidade de provar que somos dignos e que somos iluminados como membros da comunidade LGBT e como membros da comunidade LGBT-Mórmon.

O Brasil é um país muito grande, e estamos trabalhando muito para encontrar todos os LGBT-mórmons que estão vivendo um atual estado de vulnerabilidade espiritual. Como país, já experimentamos algumas grandes conquistas, como a legalização do casamento do mesmo sexo, permissão para casais LGBT adotarem crianças e cirurgias de redesignação de sexo pagas pelo governo para pessoas trans.

No entanto, também somos o país com a maior taxa de homicídios LGBTQ do mundo. Mais de 500 indivíduos LGBTQ são supostamente assassinados no Brasil a cada ano. Observe, entretanto, que esses são apenas os números relatados. Sabemos muito bem que o número real é, de fato, muito maior.

Estamos avançando em nosso trabalho. Agora estamos começando a caminhar nossa segunda milha. Temos que usar nossas armaduras todos os dias porque o trabalho é difícil. No entanto, estamos determinados.

Continuamos encontrando pessoas que precisam saber que têm o poder de brilhar, de ser um farol.
Organizamos muitos encontros e conferências e temos vindo a aumentar a nossa presença nas redes sociais. Estamos procurando os filhos de nosso Pai Celestial que estão sozinhos e perdidos no redemoinho de dor de ser um LGBT-Mórmon, e precisamos estabelecer uma meta.

Nós, no Brasil, acreditamos que é nossa responsabilidade prevenir os assassinatos e suicídios motivados pela transfobia, pela homofobia.

Sou lésbica, tenho uma linda esposa e acredito que a Afirmação faz parte do plano de salvação de nosso Pai Celestial. Tenho uma herança mórmon. Mas não é só por isso que luto. Acredito que todos têm o direito de brilhar no mundo.

Como membro da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, que honrosamente serviu missão de tempo integral de 1998 a 1999 em Porto Alegre e Santa Maria, cidades do estado do Rio Grande do Sul, Brasil, acredito que : “Servir à Afirmação LGBT-Mórmon é mais do que apenas um trabalho. É uma oportunidade de salvar os filhos de Deus do estado de desespero em que muitos deles se encontram. É uma oportunidade de mostrar a esses filhos de Deus que eles também merecem a expiação de Jesus Cristo.

Acredito que o propósito da Afirmação é salvar vidas e nós, da Afirmação-Brasil, estamos totalmente dedicados aos princípios desse trabalho de amor.

Nota: Infelizmente, devido a dificuldades técnicas, esta palestra em sua totalidade não foi transmitida ao vivo ou gravada.

Receba o boletim eletrônico da Afirmação com conteúdo como este em sua caixa de entrada!

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Deixe um Comentário