“O Senhor olha para o coração”

May 1, 2016

By: Everaldo Ewerton Melo

Everaldo Ewerton Melo, natural de São Luís-MA, 37 anos, formado em Secretariado Executivo. Membro da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias desde os 13 anos. Foi secretário do bispado, presidente dos rapazes, professor da primária e integrante do sumo conselho da estaca na sua cidade natal. Trabalhou como missionário na Missão Porto Alegre Sul entre os anos 1998 e 2000. Trabalha na área de administração hospitalar há 10 anos. Atualmente exerce o cargo em um grande hospital em na cidade São Paulo-SP, na área filantrópica. missão poa

 

“O maior aprendizado que tive na igreja/vida além de todas as bençãos que obtive do Pai Celestial é um simples conceito de uma pequena frase que diz assim” é bom ser importante, mais o importe é ser bom!”

13086883_10202041742800847_8388877728730437257_o

“O Senhor olha para o coração”

No Brasil, sempre que tem um aniversário ou até mesmo trocas de presentes, como no final de ano, é de praxe perguntar o que a pessoa deseja ganhar. Esse tipo de questionamento deixa-me pensativo em alguns pontos: o presente é realmente um presente, ou foi uma escolha incondicional minha? O quê significa um presente? Ao receber esse presente, a pessoa que me deu o fez de coração?

Tenho comigo que um presente por mais simples que for, quando vem do coração, acaba se tornando muito especial.

Se por ventura ficamos felizes quando algo que é feito vem do coração, imagina nosso Pai Celestial? Nosso Deus, que é um Pai que nos ama incondicionalmente, nos dá uma pequena fórmula de como devemos agradá-lo.

Antes de falarmos sobre coração, devemos entender a definição da palavra. A lista de verbetes define coração como “o símbolo da disposição e vontade do homem e figurativamente, a fonte de todas as emoções e sentimentos”. No Livro de Mórmon, o Senhor nos dá a verdadeira fórmula de como deve ser nosso coração para se aproximar Dele: “E oferecer-mei-eis como sacrifício um coração quebrantado e um espírito contrito. E todo aquele que a Mim vier com um coração quebrantado e um espírito contrito, Eu batizarei com fogo e com Espírito Santo…” 3 Néfi 9:20.

Então, o Pai Celestial nos ensina como realmente devemos nos aproximar Dele, como devemos apresentar nossos sacrifícios. Caso se tenha dúvida, tem-se os atributos de um coração quebrantado e espírito contrito que são:

● Humildade;

● Arrependimento;

● Mansidão.

Esses são alguns atributos receptivos à vontade de Nosso Deus.

A minha gratidão ao Pai Celestial é imensa. Todas as coisas que procurei fazer no decorrer da minha vida, as fiz de coração, ou seja, tentei sempre fazer a vontade de Deus.

Eu, como gay, e como Mórmon desde os 13, sempre tive algumas barreiras. A minha maior barreira foi minha mãe, que amo mais do que tudo neste mundo. Quando comecei a dar sinais que iria assumir minha condição, foi um período complicado. Nas minhas orações, esperava que Deus me ajudasse, mais sempre desejando que minha mãe não sofresse. Então, chegou um momento oportuno. Quando falei a verdade, diga-se de passagem, algo que ela já sabia, aconteceu aquilo que temia, que posso descrever sucintamente como “período de escuridão”. Ao mesmo tempo, sentia um alívio com o fim de mentiras e dissimulações. Não foi fácil, mais no decorrer do tempo, fui mostrando que por ser gay não deixei de ser seu filho e principalmente não deixei de ser Filho de Deus.

Hoje, minha mãe me ama incondicionalmente e ama quem estiver ao meu lado, não tenho dúvidas disso. Eu sei que Deus me ama, que é um Pai amoroso e, quando apresentei meus temores, Ele sabia que nas minhas preces havia um coração verdadeiro. Por isso, tenho conforto no meu coração, pois sei que Ele sempre nos guarda.

10844573_10200300068700083_1846067724_o

Posted In:

Receive the Affirmation e-newsletter with content like this in your inbox!

  • This field is for validation purposes and should be left unchanged.

Leave a Comment