A Fé

September 7, 2017

Goran

Goran

Discurso dado por Göran Gustav-Wrathall na Conferencia Internacional de República Dominicana e Caribe, no mês de agosto.

Minha experiência com a fé

 

«A fé é sustentada pelas coisas que esperamos, a evidência das coisas que não vemos». A fé é suficientemente poderosa para nos obrigar a comprometermos com um sistema de crenças tão antigo como o tempo. Ser fiel, ter fé apesar da dúvida, é um juramento que nós tomamos ou nos entregamos. Todos têm fé em alguém ou algo. Não se aplica apenas a coisas estritamente religiosas.

 

Cresci em uma casa onde meus pais muitas vezes mudavam sua religião em busca de algo que servisse a eles. Minha irmã e eu costumávamos estar com eles para a jornada espiritual, como meus pais decidiram. As diferentes crenças que experimentei me ensinaram muitas coisas diferentes que poderiam fortalecer minha fé e meu espírito.

 

Por exemplo, um objeto que eu possa carregar fielmente no meu pescoço, no meu bolso ou em meu coração poderia me colocar em um humor espiritual particular. Às vezes, levo uma pedra de um lugar com o qual eu fui conectado. Eu tenho estátuas de Buda ao redor da casa e cristais. Eu gosto de usar o martelo de Thor, um antigo símbolo Viking. Todos apenas me lembram de minha fé no bem.

 

Às vezes eu vejo a fé como um contrato entre você e Deus ou você e seus relacionamentos com sua esposa, marido, namorada ou namorado. Pode ser facilmente traído. Minha fé foi testada. Eu tive que trabalhar duro para manter minha fé na humanidade e fé em meus amigos e familiares. Antes de conhecer John, experimentei uma série de calamidades pessoais. Meu namorado me traiu e me deixou. Perdi minha casa, todas as minhas posses e meu gato, e acabei ficando desabrigado por um tempo.

 

A fé vem de dentro de nós

 

Enquanto eu era sem-teto, eu vi alguns dos piores aspectos da natureza humana. Meu apoio devia vir de dentro de mim, porque aprendi a desconfiar da religião institucional e organizada.

 

A fé precisa ser nutrida. Enquanto vivia no abrigo para desabrigados, comecei a ir em  um clube Star Trek. Criei meu próprio planeta, com sua própria história, cultura e tecnologia. Adoro os ideais do Star Trek, porque eles nos ensinam sobre a diversidade infinita em combinações infinitas e a possibilidade de progresso e amizade universal.

 

Quando se trata do que a religião organizada ensina, ver é acreditar. Eu vi como as igrejas tratam o Gays e como a Igreja Mórmon tratou meu marido. Se as pessoas afirmam que sua religião ensina o amor, eu preciso ver que eles praticam o que pregam. A fé que tive em mim precisava ser forte antes que eu pudesse ter fé em outras pessoas.

 

Minha fé foi testada muitas vezes, e às vezes eu tive que reunir toda a minha força interior para evitar que ela se perdesse ou deixar que alguém destruisse. Sua fé não pode ser julgada por qualquer outra pessoa.

 

Minha fé é mais forte agora porque sou mais velho e me sinto mais seguro no que eu acredito. A fé é um compromisso com a sua própria espiritualidade, pode mantê-lo como pão e água. Quatro anos atrás, eu descobri que eu tinha insuficiência renal. Os médicos me disseram que morreria se eu não começasse a diálise e se eu não fizesse um transplante de rim. Esse foi um momento terrível para mim e meu marido, John. Fui tomado pela fé para passar por isso, tive que mudar minha dieta e minhas rotinas diárias e cuidar demais da minha saúde.

 

Quando eu fui para cirurgia, acreditei que eu iria sair de lá. Durante minha cirurgia de transplante de rim, os médicos me deram muita anestesia e tiveram que me colocar em um aparelho de respiração para me manter vivo. Mas eu sobrevivi!

 

Cresci sem saber quem era meu pai ou quem era minha família ou de onde eu vim. Eu tinha fé que um dia eu acharia meus parentes perdidos e, em 2008, eu os encontrei milagrosamente. Tenho a fé de que meu casamento com John durará a prova do tempo. Até tenho a fé de que os humanos encontrarão um caminho que conduza à unidade e que todos aprenderemos a viver em harmonia independentemente da religião, do sexo ou da raça, como mostra o programa de TV favorito Star Trek.

Posted In:

Receive the Affirmation e-newsletter with content like this in your inbox!

  • This field is for validation purposes and should be left unchanged.

Leave a Comment